Categories

 Loading... Please wait...
Purificação Personalizada
Menu

Categories

industrial reverse osmosis water treatment systems worldwide by pure aqua inc.

Deionizadores

A Pure Aqua é líder no fornecimento de soluções de deionização. Os nossos deionizadores de água são unidades resistentes, pré-concebidas, pré-montadas e com configurações padronizadas que minimizam os custos de instalação e de arranque iniciais. Projetamos os nossos sistemas de Deionização para maximizar a eficiência e repetibilidade da unidade durante os modos de serviço e regeneração.

Deionizadores

O Processo de Deionização ou Troca Iónica

No contexto de purificação de água, a troca iónica é um processo rápido e reversível em que os iões de impurezas presentes na água são substituídos por iões libertados por uma resina de troca iónica. Os iões de impurezas são retirados pela resina, que deve ser regenerada periodicamente para restaurar a sua forma iónica inicial. (Um ião é um átomo ou conjunto de átomos com uma carga elétrica. Os iões de carga positiva são chamados catiões e são geralmente metais; os iões de carga negativa são chamados aniões e são geralmente elementos não metálicos).

Os seguintes iões são muito comuns em águas não tratadas:

Catiões:

Aniões:

Cálcio (Ca2+)

Cloro (Cl-)

Magnésio (Mg2+)

Bicarbonato (HCO3-)

Sódio (Na+)

Nitrato (NO3-)

Potássio (K+)

Carbonato (CO32-)

Ferro (Fe2+)

Sulfato (SO42-)

Resinas de Troca Iónica

Há dois tipos básicos de resinas - resinas de troca de catiões e resinas de troca de aniões. As resinas de troca de catiões libertam iões de Hidrogénio (H+) ou outros iões de carga positiva em troca dos catiões de impurezas existentes na água. As resinas de troca de aniões libertam iões de Hidróxilos (OH-) ou outros iões de carga negativa em troca dos aniões de impurezas existentes na água.

Aplicação da troca iónica ao tratamento e purificação de água
Há três formas de utilização da tecnologia de troca iónica no tratamento e purificação de água: a primeira corresponde apenas à utilização de resinas de troca de catiões para descalcificação da água através da troca de base; a segunda, a resina de troca de aniões, pode ser utilizada para eliminação de elementos orgânicos ou remoção de nitratos; a terceira é a combinação de resinas de troca de catiões e de troca de aniões para remover praticamente quaisquer impurezas iónicas presentes na água, um processo conhecido como deionização. O processo de purificação de água através de deionizadores produz água de qualidade excecionalmente elevada.

Deionização

Para muitas aplicações industriais e laboratoriais, é necessária água de elevada pureza, que é essencialmente água livre de contaminantes iónicos. É possível produzir água com este grau de qualidade através do processo de deionização. Os dois tipos mais comuns de deionização são:

  • Deionização de dupla camada
  • Deionização de camadas mistas

Deionização de dupla camada

O deionizador de dupla camada é composto por dois recipientes - um que contém uma resina de troca de catiões na forma de Hidrogénio (H+) e um outro contendo uma resina de troca de aniões na forma de Hidróxilo (OH-). A água flui através da coluna de catiões, onde todos os catiões são trocados por iões de hidrogénio. Para manter a água equilibrada do ponto de vista elétrico, por cada catião monovalente (por exemplo, Na+), um ião de Hidrogénio é trocado e por cada catião divalente (por exemplo, Ca2+ ou Mg2+), dois iões de Hidrogénio são trocados. Aplica-se o mesmo princípio quando se considera a troca de aniões. A água sem catiões flui através da coluna de aniões. Desta vez, todos os iões de carga negativa são trocados por iões de hidróxido que se combinam depois com os iões de hidrogénio para formar água (H2O).

Deionização de camadas mistas

Nos deionizadores de camadas mistas, as resinas de troca de catiões e de troca de aniões estão misturadas e contidas num único recipiente de pressão. A mistura na mesma coluna torna o deionizador de camadas mistas num equivalente a um conjunto comprido de unidades de dupla camada. Como resultado, a qualidade da água obtida de um deionizador de camadas mistas é consideravelmente superior à da água obtida por um deionizador de dupla camada.

Apesar de serem mais eficientes na purificação da água de abastecimento, as unidades de camadas mistas são mais sensíveis a impurezas na água e envolvem um processo de regeneração mais complicado. Os deionizadores de camadas mistas são geralmente utilizados para elevar o grau de pureza da água após ter sido tratada inicialmente por um deionizador de dupla camada ou por uma unidade de osmose inversa.

Eletrodeionização

Os Sistemas de Eletrodeionização EDI removem iões de fluxos aquosos, tipicamente em conjunção com sistemas de osmose inversa (OI) ou outros equipamentos de purificação. Os nossos módulos de deionização de alta qualidade produzem de forma contínua água ultrapura até 18,2MW/cm. Os sistemas EDI podem funcionar de forma contínua ou intermitente.

Grid List
PEÇA UMA COTAÇÃO »

Back to Top